América Latina / Brasil

Dia do Trabalhador é marcado por atos em favor da democracia e contra o golpe

Imprimir
Terça, 03 Maio 2016
Acessos: 1083
Compartilhar

Em meio à crise política e ao avanço do processo de impeachment no Senado, nos festejos promovidos pela Central Única dos Trabalhadores – CUT, em São Paulo, no Vale do Anhangabaú, a presidenta Dilma Rousseff aproveitou as manifestações dos trabalhadores em comemoração pelo 1º de maio para fazer novos anúncios em seu governo.

Rovena Rosa/Agência Brasil

Dilma confirmou o reajuste de 9% no benefício do Bolsa Família, pago a milhões de famílias de baixa renda no país, e também anunciou a correção de 5% na tabela do imposto de renda a partir do ano que vem.

"Estamos autorizando um reajuste no Bolsa Família que vai resultar em um aumento médio de 9% para as famílias. Essa proposta não nasceu hoje. Ela estava prevista lá em agosto de 2015 quando enviamos o orçamento par ao Congresso. Essa proposta estava prevista, e diante do quadro atual, tomamos medidas que garantem aumento na receita neste ano e nos próximos para viabilizar esse aumento no Bolsa Família. Tudo isso sem comprometer o cenário fiscal" -  anunciou a presidente.

O ato foi promovido, em conjunto, pela CUT, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB e Intersindical. O lema deste ano foi ‘ Brasil: Democracia + Direito, contra o processo de impeachment da presidenta’. Segundo a CUT, o ato reuniu mais de 60 entidades que formam as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

No Rio de Janeiro, na Lapa, centro da cidade, as festa foi ao ar livre. Entre um artista e outro, foram feitos discursos de lideranças do movimento. O ato teve o objetivo também de protestar contra o processo de impeachment da presidenta. Segundo o presidente da CUT no Rio de Janeiro, Marcelo Rodrigues, a central sindical acredita que um possível governo de Michel Temer, caso o afastamento de Dilma seja aprovado, trará prejuízos ao trabalhador, principalmente devido às privatizações. 

As manifestações também se estenderam por cidades como Belém,Porto Alegre, Brasília, Maceió, Recife, Belo Horizonte, Juiz de Fora (MG), Campo Grande, Natal, Goiânia, Vitória, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Aracajú, João Pessoa, Cuiabá, Caruaru (PE), Campos dos Goytacazes (RJ), Joinville (SC), Laguna, Chapecó e Blumenau (SC).

 

Fonte: Agência Petroleira de Notícias

Compartilhar

Copyright © 2019 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.