Comunicação

Repórteres fotográficos fazem ensaio em apoio a colega

Repórteres fotográficos fazem ensaio em apoio a colega considerado culpado pela Justiça por perder a visão em cobertura

Uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) da semana passada estarreceu os fotojornalistas, cinegrafistas e profissionais de imprensa de todo o País.

Movimentos sociais fazem ato na Globo contra a criminalização das manifestações

Protesto acontece nesta quarta (20), com concentração às 17h, na Central do Brasil

Câmara analisa a criação de um fundo para financiar a mídia independente

Os recursos do fundo serão destinados à instalação, à manutenção e à modernização desses veículos

O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo!

"Além do Sindipetro-RJ, a Globo tenta criminalizar o Sepe-RJ, o Sindsprev, e agora o próprio Sindicato dos Jornalistas."

Jornal Nacional manipulou documentos para criminalizar manifestantes, dizem advogados

Material veiculado pela TV Globo sequer foi disponibilizado para o desembargador do caso e nem para os advogados dos envolvidos

Esclarecimentos do Sindipetro-RJ à sociedade e aos petroleiros

 

Em resposta à matéria caluniosa "A conexão sindical", publicada no jornal O Globo de terça-feira (22), a direção do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) informa:

Fomos surpreendidos pelo conteúdo da matéria, que vincula o nome da entidade a um inquérito policial, referente a “suposto financiamento de atos violentos”, pois jamais o Sindicato e qualquer de seus diretores foi sequer informado sobre a existência do referido inquérito e muito menos chamado a prestar depoimento.

Fundado há 55 anos, a longa trajetória de luta do Sindipetro-RJ sempre foi marcada pela defesa da soberania popular e do povo brasileiro. 

Sonegação milionária da Globo começa a ser divulgada

Globo não pagou imposto pela aquisição dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002

Jornadas de junho inspiraram novo filme da campanha do petróleo

Enquanto o primeiro documentário, “Ùltima fronteira”, tem um tom mais didático, o segundo foi realizado no clima das manifestações de junho e incorpora o espírito de renovação das lutas que o Brasil respirava, naquele momento

Impasse na ABI: justiça suspende eleição e impede votação via “0800”

O jornalista Mario Augusto Jacobskind, atualmente conselheiro da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), afirma que a entidade vive um momento de crise.

Lei de Meios permite a rádios cooperativas argentinas conseguem transmitir a Copa

Para Ramírez, trabalho em equipe, solidariedade e muito sacrifício é o que une a Copa do Mundo à economia social

Imprensa censura protesto na abertura da Copa

A imprensa brasileira e internacional incorporou a tal ponto a censura e o boicote às causas populares que praticamente não reproduziu nem comentou o protesto indígena na cerimônia de abertura da Copa do Mundo, dia 12 de junho,  no estádio conhecido como Itaquerão, em São Paulo. O jovem índio, de 13 anos, abriu na frente das câmaras uma faixa vermelha, reivindicando  a demarcação das terras indígenas. Do ponto de vista jornalístico, um fato inusitado que merecia destaque. A omissão foi registrada na edição francesa do Le Monde.  Texto (traduzido pela APN) e fotos circulam na internet.

São Paulo: a estranha omissão televisiva na cerimônia de abertura

 Abertura da CopaUm menino branco, uma menina negra e um adolescente indígena entram lado a lado no estádio de São Paulo para a cerimônia de abertura da Copa do Mundo, quinta-feira, no final da tarde. Juntos, eles lançam uma pomba branca na arena, diante de centenas de câmeras de televisão. Os torcedores brasileiros e croatas aplaudem a cena. O jogo vai começar a qualquer momento. Os jovens mensageiros da paz retornam. Na hora de deixar o local, o menino índio tira do bolso uma bandeira vermelha onde se lê “demarcação”. A imagem é forte, mas não foi divulgada. O gesto de protesto não seria  retransmitido pelos canais de televisão do mundo inteiro.

  


Copyright © 2019 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.