Internacional

Assange: Michel Temer teve reuniões privadas na embaixada americana

Imprimir
Segunda, 09 Janeiro 2017
Acessos: 2414
Compartilhar

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, afirmou que o atual presidente Michel Temer teve "reuniões privadas" com o governo norte-americano para passar aos Estados Unidos informações estratégicas de inteligência sobre o Brasil.

 

 "Michel Temer teve reuniões privadas na embaixada americana para passar a eles questões de inteligência política que não muitos tiveram acesso, discussões das dinâmicas políticas no Brasil", contou.

 A declaração foi feita em entrevista de Assange ao escritor e editor do site Nocaute, Fernando Morais, que foi a Londres entrevistar o responsável pelo WikiLeaks. Em entrevista exclusiva, Assange disse ainda que Temer não é um espião pago pelo governo norte-americano, mas que há um intercâmbio de informações do presidente com o país, visando apoios futuros.

 "Isso não é para dizer que ele é um espião pago pelo governo americano. Eu não sei, não existem evidências que ele seja um espião pago em termos de dinheiro. Mas estamos falando de algo mais, estamos falando de construir uma boa relação de forma a ter trocas de informação de parte a parte e apoio político mais adiante", completou.

 

Fonte: Jornal GGN

Compartilhar

Copyright © 2019 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.