Nacional

Marcha pela UERJ

Imprimir
Quarta, 07 Junho 2017
Acessos: 1001
Compartilhar

Aconteceu na manhã de hoje, 7/6, a “Marcha pela UERJ”, com o intuito de chamar a atenção da sociedade para o estado de calamidade em que se encontra a universidade.

 

Com início na Policlínica Piquet Carneiro, passando pelo Campus Maracanã, Hospital Universitário Pedro Ernesto, Odontologia - até a Praça Barão de Drummond, em Vila Isabel, servidores, professores, alunos e apoiadores fizeram uma marcha em defesa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ.

Segundo o movimento “UERJ Resiste”, mesmo com o reinício das aulas, o bandejão e a biblioteca seguem fechados, além de os funcionários estarem há 3 meses sem receber e o auxílio estudantil sem pagamento. As empresas terceirizadas ameaçam suspender o serviço, também por falta de pagamento. Os professores ainda não receberam o salário de abril e alunos bolsistas estão há dois meses sem receber, dificultando o acesso às aulas, pois muitos dependem dessa verba.

A crise na UERJ, pelo visto, não tem data para acabar. O retorno às aulas não consegue esconder o quão debilitada está a Universidade Estadual do Rio de Janeiro, uma das mais importantes do Brasil, sucateada pela dupla Cabral/Pezão.

Fonte: Agência Petroleira de Notícias

 

Compartilhar

Copyright © 2017 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.