Reforma Agrária

Acusado de matar sem terra é preso em Pernambuco

Imprimir
Quinta, 31 Janeiro 2008
Acessos: 2419
Josias Ferreira, que integrava a direção estadual do MST em Pernambuco, levou vários tiros em agosto de 2006

A delegacia do município de Moreno, em Pernambuco, prendeu na terça-feira, 29/1, Luís José dos Santos, acusado de ser um dos assassinos dos trabalhadores rurais Josias de Barros Ferreira e Samuel Mata Barbosa. O filho de Luís também foi preso, acusado de participação nos crimes. Os trabalhadores eram dirigentes do Movimento Sem Terra e foram assassinados à queima-roupa em agosto de 2006, no antigo acampamento Balança, em Moreno. Josias, que integrava a direção estadual do MST em Pernambuco, levou vários tiros.Ao tentar socorrer o agricultor, Samuel também foi baleado e acabou morrendo. Outro suspeito do crime, Cícero Soares da Conceição, já havia sido preso em novembro do ano passado.

Fonte: Agência Chasque, 30-1-08