Reforma Agrária

Fazendeiros intimidam comitiva da Presidéncia no Mato Grosso do Sul

Imprimir
Quarta, 30 Novembro 2011
Acessos: 1055
Uma comitiva da Presidência foi intimidada por fazendeiros enquanto inspecionava uma área reclamada por índios em Iguatemi, Mato Grosso do Sul --Estado palco de violentos conflitos envolvendo demarcação de terras
 
Segundo a Presidência, o incidente aconteceu quando o comboio que levava o secretário Nacional de Articulação Social, Paulo Maldos, foi parado numa estrada rural por um grupo de quatro homens em duas caminhonetes.

Pouco antes, a comitiva havia visitado a área de um acampamento de índios guarani-caiovás destruído em um ataque em agosto.

De acordo com a Presidência, depois de o comboio parar, os quatro homens começaram a fotografar, filmar e ofender os cerca de cem índios que acompanhavam a comitiva.

Eles exigiram que todos no comboio, inclusive o secretário, se identificassem e apresentassem documentos.

De acordo com Maldos, mesmo quando ele informou seu cargo, os homens não se intimidaram e continuaram gritando e filmando os índios.

O bate-boca continuou quando os homens da Força Nacional, que seguiam atrás do comboio, chegaram. Os agentes exigiram que os homens se identificassem e apagaram as fotos dos aparelhos.

"Eles estavam extremamente agressivos. Era uma postura arrogante. Inicialmente, nem a presença da Força Nacional significou qualquer coisa para eles", disse Maldos.

No grupo, segundo a Presidência, estava o presidente do Sindicato Rural e secretário de Obras de Iguatemi, Marcio Margatto.

Ninguém foi detido. A reportagem tentou entrar em contato com Margatto, mas ele não ligou de volta.
 
 Fonte: Uol Notícias