Reforma Agrária

MST ocupa sede do INCRA no Rio de Janeiro

Imprimir
Segunda, 16 Abril 2012
Acessos: 1153
Image

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra do Rio de Janeiro ocupa o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), desde às 11h desta segunda (16). Os manifestantes reivindicam a efetivação da reforma agrária e denunciam a paralisação do processo de assentamento das famílias acampadas. Cerca de 300 sem-terra estão nesse momento no 25º andar da prédio e pressionam para agilizar as negociações com a direção do Incra.

Os camponeses que fazem parte do MST estão mobilizadas em todo o país durante o mês de abril, na Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária. Mais de 4 milhões de famílias de trabalhadores rurais querem terra para viver e produzir. Atualmente, 186 mil famílias estão acampadas, vivendo em condições precárias, em barracas de lona, na luta pela Reforma Agrária.

Image

A Jornada acontece todos os anos em abril em memória ao Massacre de Eldorado de Carajás, no Pará, em 1996. Por ação da Polícia Militar foram assassinados 21 companheiros naquela operação. Depois de 16 anos, ninguém foi preso.

O Censo de 2010 do IBGE aponta que 70 mil grandes propriedades estão improdutivas, o que equivale a 228 milhões de campos de futebol. O Brasil está em 2º lugar no mundo em concentração de terras. Nesse sentido, o MST cobra do Governo Federal prioridade na realização da reforma agrária.

O Incra fica na Avenida Presidente Vargas, 817, Centro, Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Petroleira de Notícias

Fotos: Samuel Tosta / Agência Petroleira de Notícias

Image

Image