Trabalho

Petroleiros do Rio realizam ato pelo 'Dia Nacional do Desjejum'

Imprimir
Quarta, 17 Maio 2017
Acessos: 593
Compartilhar

Na manhã desta quarta-feira (17), o Sindipetro-RJ em conjunto com a base petroleira  realizou uma  atividade de conscientização e atraso na entrada de expediente  do TABG (Terminal Aquaviário Baía de Guanabara), localizado na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Imagem: Samuel Tosta

 

O ‘Café Forte’  é uma ação convocada pela Federação Nacional dos Petroleiros contra a política de suspensão do café da manhã para os trabalhadores e trabalhadoras da Transpetro. Na entrada do terminal foi oferecido um café da manhã a todos os trabalhadores da Transpetro, efetivos e terceirizados.

“Hoje (17), o sindicato dos petroleiros do Rio de Janeiro em conjunto com a FNP está promovendo o ‘Dia Nacional do Desjejum’ contra a retirada da alimentação fornecida aos trabalhadores no café da manhã  por um ato administrativo da direção da Transpetro em seus terminais como o daqui do TABG. Infelizmente a Petrobrás já começa a retirar direitos antes de qualquer negociação. Diante disso, os petroleiros e petroleiras  deixam claro que não vão aceitar a perda de direitos como esse da alimentação matinal nos terminais da Transpetro” – disse Eduardo Henrique, diretor do Sindipetro-RJ.

Imagem: Samuel TostaO sindicato ajuizou ação e obteve tutela de urgência concedida pela Juíza da 28ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, determinando o restabelecimento imediato, sob pena de multa diária, do fornecimento de desjejum aos empregados sujeitos ao regime administrativo, lotados em unidades industriais da Transpetro.

A Transpetro acatou a determinação judicial e restabeleceu o fornecimento. Porém, a empresa impetrou mandado de segurança para o TRT (2ª instância), com o objetivo de conseguir efeito suspensivo e cassar a tutela de urgência deferida pelo juiz de primeira instância.

A audiência da ação originária somente ocorrerá em 24 de julho próximo,  e até esta data, a determinação da tutela de urgência permanece em vigor, exceto na hipótese da empresa obter êxito no mandado de segurança. 

 

Fonte: Agência Petroleira de Notícias e Surgente

 

 

Compartilhar

Copyright © 2017 Agência Petroleira de Notícias. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0

Av. Presidente Vargas, 502, 7º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, CEP 20010-000 • (21) 2508-8878 Onlink.